Hospital Municipal Rodolpho Perissé realizou sua primeira cirurgia bucomaxilofacial

Hospital Municipal Rodolpho Perissé realizou sua primeira cirurgia bucomaxilofacial

Foi realizada no dia 12 de dezembro de 2013, no Hospital Municipal Rodolpho Perissé, em Búzios, a primeira cirurgia bucomaxilofacial eletiva da cidade, sendo, atualmente, a única unidade hospitalar, na Região dos Lagos, que realiza este tipo de cirurgia. O procedimento, que poderá ser realizado em crianças e adultos, é direcionado para pacientes vítimas de traumas, acidentes, deformidades e outras patologias na face. As cirurgias poderão ser feitas sempre às quintas-feiras, no centro cirúrgico recém-equipado para este tipo de especialidade.

Com uma média de 20 pacientes já agendados para a cirurgia, a demanda por este tipo de procedimento, em Búzios, é crescente. De acordo com o coordenador da Odontologia Municipal, Dr. Kenner Câmara, a cirurgia bucomaxilofacial requer cuidados que vinham sendo analisados e preparados para que o procedimento tivesse início na quinta-feira, dia 12. A primeira paciente foi uma jovem de 14 anos, e moradora da Rasa, que teve o maxilar deslocado após sofrer agressão durante uma briga:

“O início da realização deste tipo de cirurgia, aqui, em Búzios, é fundamental para que os nossos pacientes não precisem se deslocar para outras cidades do Estado a fim de realizarem este tipo de cirurgia. Esta jovem sofreu esta fratura em três meses e, naquele momento, garantimos que até dezembro realizaríamos o procedimento aqui. A família confiou e, hoje, estamos realizando o procedimento, com todas as ferramentas cirúrgicas necessárias e equipamentos, assim como faremos com os outros pacientes”, disse ele, explicando que já havia, desde o início do ano, o atendimento ambulatorial maxilofacial no hospital, contudo, a cirurgia se trata de um procedimento com outro grau de complexidade.

Contando com mais três cirurgiões bucomaxilofaciais, um cirurgião-dentista (para os pacientes com necessidades especiais) e um instrumentador na equipe, o coordenador explica que o atendimento ambulatorial é feito com anestesia local, enquanto a cirurgia bucomaxilofacial deve ser feita com anestesia geral. O procedimento e a adequação do centro cirúrgico para a nova especialidade permitirá, ainda, que portadores de necessidades especiais, como os que sofrem de deficiências mentais, poderão se submeter a intervenções odontológicas que não eram possíveis anteriormente:

“A partir de agora, com a anestesia geral, será possível submeter portadores de necessidades especiais, que não podem ser atendidos convencionalmente, a atendimentos odontológicos. Na nossa lista de espera, já temos pacientes com este perfil que já poderão ter suas necessidades atendidas, felizmente”, disse ele.

Crédito: Ascom
Imagem: Secretaria de Saúde

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s