Desafio de Vôlei entre Brasil e Japão em Búzios, tem desempate nesta terça

A abertura do desafio entre Japão x Brasil, no sábado

Foi realizado neste final de semana, no Ginásio Poliespotivo do Cemei – Centro Municipal de Educação Integral de Búzios, na Rasa, a primeira fase do Desafio Internacional Brasil X Japão de Vôlei Infanto Juvenil.

Na estréia, sábado, a seleção brasileira, comandada pelo técnico Maurício Thomas, venceu a japonesa por 3 sets a 0, parciais de 25/18, 25/16 e 25/22. No domingo, foi o Japão que levou a melhor, vencendo a nossa seleção por  3 sets a 2, parciais de 25/21, 17/25, 25/18, 22/25 e 15/8.

A segunda fase, com o esperado confronto de desempate, acontece nesta terça, às cinco da tarde, e a final acontece na quarta-feira no mesmo horário.  A entrada é franca, e os portões estão abertos a partir das 16h.

O evento promovido pela Confederação Brasileira de Vôlei, com o apoio da secretaria de Esportes e Lazer da cidade, está atraindo a atenção dos jovens.  Segundo o secretário de Esportes e Lazer, João Carlos de Moraes, está sendo uma honra para Búzios sediar um desafio internacional tão importante.

 – Assisti aos dois jogos que foram emocionantes. O vôlei está despertando a atenção de pessoas de todas as idades, mas entre os jovens está ganhando mais força, e envolvendo tanto quanto o futebol – comentou.

O técnico brasileiro, Maurício Thomas, gostou da atuação de suas comandadas e citou o saque e o bloqueio como pontos fortes do time no primeiro jogo, onde o destaque da partida foi a brasileira Sabrine. A ponteira fez 15 pontos e foi a maior pontuadora do confronto.

Pelo lado japonês, o técnico Ichiro Hanzawa que ficou visivelmente chateado com a primeira atuação de sua equipe, declarou que suas jogadoras têm muito a melhorar para o jogo de amanhã.

– Conseguimos melhorar a nossa combinação, mas mesmo assim ainda não foi a ideal. Temos que progredir para o próximo jogo, avaliou Hanzawa, que elogiou bastante a ponteira Koga, maior pontuadora da partida, com 24 pontos. Já o técnico brasileiro reconheceu erros cometidos no último jogo e pensa em mudanças táticas, mas parabenizou a seleção japonesa.

– Fiz algumas mudanças para teste e o time não assimilou bem. Mas isso é muito importante para a nossa preparação. Não fomos bem no ataque e erramos bastante na defesa. Mas o Japão está de parabéns. Elas defenderam e sacaram com muita eficiência. Foi um bom jogo – disse Maurício.

As duas seleções estão hospedadas no Centro de Treinamento da Confederação Brasileira de Vôlei em Saquarema, e só chegam para a partida uma hora antes do jogo. Ambas as equipes têm levado a competição a sério, e obedecido às regras como se fosse um mundial da categoria. O jogo começa às cinco da tarde nesta terça, e a entrada é franca.

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s