Circo, Teatro e “Livro na Árvore” marcaram o Dia das Crianças em Búzios


Com um público infanto-juvenil de 500 pessoas, além da participação de mais de cem pais, durante dois dias aconteceu em Búzios, na semana passada, às comemorações pelo Dia das Crianças. A festa foi promovida pela secretaria de Cultura e Comunicação, através da Biblioteca Pública Municipal Francisca Maria de Souza e Núcleo Tom Jobim da Escola de Musica Vila Lobos, que tiveram o cuidado de promover atividades culturais para diferentes faixas etárias.

          Crianças a partir de um ano, puderam participar de oficinas de desenho e pintura, teatro, musica, poesia, e ao final apresentaram os seus trabalhos. Na Escola de Circo, localizada na Estrada da Usina foram realizadas várias apresentações circenses por alunos do projeto sócio-educativo da prefeitura, bem como do Núcleo Tom Jobim da Escola de Musica Vila Lobos; além das peças Sapo Vira Rei Vira Sapo, pelo grupo Teatrama de Araruama; e outra de Educação para o Trânsito com o Boneco Edu, do Projeto Cuca Fresca.  As apresentações circences foram apenas uma prévia do espetáculo “Diversidade” que estreará no final de novembro na Praça santos Dumont, com 130 alunos da rede municipal.

     Na Praça Santos Dumont, as crianças tiveram à disposição pula-pula, piscinas de bolinhas, e várias outras brincadeiras, além de assistir a apresentações de dança e teatro do Grupo CRAS e Criarte de Baia Formosa. Com o apoio de professoras do CEPEDE – Centro de Pesquisa e Desenvolvimento da Educação foi realizada também “A Hora do Conto”, com três contadoras vivenciando histórias para os menores.

            Já as crianças maiores e adolescentes puderam participar do Projeto Livro na Árvore, promovida pela Biblioteca Municipal, que colocou mais de cem livros pendurados em arbustos, a fim de que de acordo com o interesse pessoal, crianças e jovens pudessem “colher” livros de história, ciência, poesia, teatro, além de inúmeros exemplares de literatura brasileira e estrangeira.

        O objetivo do projeto era ensinar ao público infanto-juvenil, a passar para frente os livros colhidos nas árvores, após a sua leitura, se tornando cada uma delas uma espécie de agente multiplicador do conhecimento literário. Durante o evento, os participantes tiveram direito a lanches, e levaram para casa, no final, um mini kit com lápis, livro e um bloco para anotações.

             De acordo com Claurinda Gonçalves, responsável pela biblioteca, o projeto do Livro da Árvore foi um grande sucesso, tendo sido um toque a mais na festa, pois as crianças saiam escolhendo aquilo que elas queriam ler com muita alegria.

          Para Marta Carvalho, diretora do Núcleo Vila Lobos, importante não foi só a distribuição dos exemplares, mas a forma como as crianças e jovens receberam a ideia em si de passar adiante aquilo que elas receberam.

        – Valeu a pena. Para mim foi fundamental, também, o papel dos pais que participaram, pois mostraram interesse em vivenciar junto com os seus filhos àquilo que para eles era tão especial – concluiu.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s