Inaugurado em Búzios o Centro de Monitoramento e Pesquisa da primeira Cidade Inteligente da América Latina

O presidente da Endesa, empresa espanhola que controla a Ampla no Brasil, Borja Prado; o líder do Conselho de Administração da Endesa Brasil, Mauro Santos; e o presidente da Aneel – Agência Nacional de Energia Elétrica, Nelson Hubner, inauguraram na manhã desta quarta-feira (21), em Búzios, juntamente com o prefeito Mirinho Braga, e os secretários estaduais do Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços, Julio Bueno, e do Turismo, Ronald Ázaro, o Centro de Monitoramento e Pesquisa da primeira cidade inteligente da América Latina.

 O ato contou com a presença de jornalistas, empresários e investidores de diferentes setores da economia no Estado, que foram convidados a conhecer o projeto que transforma Búzios, na quinta Cidade Inteligente do mundo, em matéria de avanços tecnológicos na área de consumo eficiente de energia. As outras cidades que já possuem o sistema são Barcelona e Málaga, na Espanha; Genova e Bari, na Itália.

O projeto deverá ser implementado em três anos, e representa um investimento de 15 milhões de euros, ou seja, cerca de 40 milhões de reais, “só na arrancada inicial”, segundo garantiu em entrevista o presidente da Aneel, Nelson Hubner.  Com isso, os moradores da península entre outros benefícios anunciados poderão, no futuro, ter tarifas diferenciadas de acordo com o consumo, bem como até mesmo vender para a Ampla a energia que conseguirem economizar, podendo negociar esta para os horários de maior consumo de energia em suas residências. À medida que o sistema for sendo ativado, vai ser possível também o morador, através de  controles remotos, tipo celular ou hi fones, acionar/cancelar o uso dos eletrodomésticos mesmo estando longe de casa.

De imediato, Búzios já está contando com 222 medidores inteligentes de energia (de 10 mil que serão implantados pela cidade); 60 luminárias LED para iluminação pública (de 150 que permitirão uma economia de 60% no consumo do município e uma maior capacidade de iluminação); um eletroposto de recarga já em funcionamento lá mesmo no Centro de Monitoramento, sendo que outros três para carros e um para barcos serão instalados em 2013; internet grátis na Rua das Pedras; e um carro e duas bicicletas elétricas para testes iniciais, estando ao todo previstos 36 veículos, que serão adquiridos por meio de parcerias com pousadas e empresas, para dar vida ao projeto piloto.

O presidente da Endesa, Borja Prado, foi o primeiro a falar na solenidade. Ele considerou ser este um projeto singular, que confirma a aposta estratégica da companhia no desenvolvimento econômico do Brasil, visando atender a uma demanda já existente na maioria das cidades hoje em termos de evolução inteligente.

– As cidades se tornam cada dia mais complexas e as populações mais exigentes. É chegado o momento de cidades inteligentes, como resposta a ambição de modernização que temos – disse ele, agradecendo o apoio da Aneel e dos governos estadual e municipal, para a implantação do projeto em Búzios.

Mário Santos, da Endesa Brasil e representante da Ampla no evento, lembrou que a ideia de desenvolver tecnologia de ponta para o setor, começou há oito anos, quando a empresa tomou a posição de mudar de mentalidade, realizando estudos sociológicos com apoio da Anael, para combate a perdas.  Explicando o porquê de Búzios ter sido escolhida, colocou em primeiro lugar, o apoio do prefeito Mirinho Braga, depois o fato de a cidade ser uma vitrine do turismo no mundo.

– Dizem que é difícil juntar beleza com inteligência, mas aqui foi possível isso, graças a parcerias que permitirão não só tornar Búzios, mas o Brasil mais inteligente – comentou.

Após destacar a boa relação que tem mantido o município e a Ampla, graças ao compromisso de buscarem o melhor para a cidade, o prefeito Mirinho Braga lembrou ter visto em Málaga, na Espanha, os benefícios que traz o projeto Cidade Inteligente.

– Vale dizer que o projeto de Cidade Inteligente para Búzios é muito melhor do que eu vi em Málaga. Nos traz alegria e uma grande esperança, saber que a cidade vai poder contar com este instrumento importante e que poderemos avançar na área de Turismo, Educação e Meio Ambiente, que são fundamentais para o nosso desenvolvimento. É muito bom ter ajudado a trazer este projeto tão importante para Búzios – disse.

Nove alunos de escolas da rede municipal que participaram do concurso de dissertação e desenho do projeto foram premiados durante o evento. São eles, Pedro Freitas, Kevin Pereira; Victoria Moreira; Stefani Santos; Kauan Victor Sanches; Fernando Favrari; Paula Pereira; Julia Barbosa e Tainá de Oliveira. Todos receberam das mãos do presidente da Endesa, Borja Prado, um MP4 de presente, e os cinco primeiros colocados receberam, ainda, um recarregador solar e mais um lap top para a escola.  No final do evento, foram distribuídos dezenas de recarregadores solares aos convidados.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s