Centro de Atendimento e Apoio Pedagógico ao Educando terá dois novos pólos

Imagem

Criado para ser um local de apoio a todos os estudantes buzianos portadores de distúrbios de aprendizagem, o Centro de Atendimento e Apoio Pedagógico ao Educando (CAAP) ganhará dois novos pólos que servirão de suporte às atividades da matriz em Manguinhos. A iniciativa é uma das principais propostas do Prefeito André Granado para ampliar a rede de atendimento aos alunos que necessitam de cuidados especiais. Atualmente, o Centro atende a cerca de 70 jovens mas a meta é que o número de vagas duplique com os novos espaços.

 

Segundo estatísticas da rede municipal de ensino de Armação dos Búzios, há, neste momento, cerca de 130 estudantes cadastrados para atendimento no CAAP. A tendência, contudo, é que este número aumente mais ainda a partir do próximo mês, com o retorno às aulas. No Centro, são atendidos alunos com os quatro tipos de deficiência – auditiva, visual, física e intelectual, além de transtornos globais de desenvolvimento, como autismo – e que recebem toda a assistência de profissionais das áreas de serviço social, arteterapia e psicopedagogia, dentre outras. O atendimento é feito no contra-turno (horário em que o aluno não está em aula), com apoio de um veículo selecionado, que transporta os estudantes para o CAAP. A seleção e cadastro destes jovens são feitos pelos próprios educadores mediante a observação do comportamento destes alunos em sala de aula.

 

Segundo a supervisora de Educação Especial do município, Roseli Rodrigues, a equipe atual é composta por sete profissionais mas a meta é aumentar o número de funcionários e de áreas de atendimento:

 

“Além de triplicar o número de vagas para os estudantes, serão abertas mais oportunidades para profissionais com capacitação para trabalhar no Centro de Apoio. Uma novidade, já confirmada pela Secretaria Municipal de Educação, é a inclusão de aulas de Braille e de Libras, que proporcionarão uma qualidade sem precedentes a muitos portadores de deficiência no município”, afirmou ela.

 

Unidades escolares adaptadas – Também dentro da proposta de garantir uma educação de inclusão, a Prefeitura Municipal de Armação dos Búzios tem a meta de adequar as escolas aos portadores de necessidades especiais, criando espaços para mobilidade e oferecendo recursos multimídia que auxiliem um aprendizado eficaz para estes alunos.

 

De acordo com o Secretário de Educação, Claudio Mendonça, não há, atualmente, unidades escolares buzianas que atendam a esta demanda:

 

“O Prefeito tem uma preocupação muito grande em criar uma política de inclusão no município. Neste sentido, ferramentas para atender a todos os portadores de deficiências, sejam elas físicas ou intelectuais, serão uma das prioridades. Assim que assumimos a pasta, visitamos as escolas e constatamos que, em muitas delas, há material e até sala de recursos que, contudo, estavam em desuso, com equipamentos sucateados. Queremos reverter este quadro, oferecendo outra realidade à população, bem diferente da anterior”, disse ele.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s