Búzios intensifica mobilização para conter avanço da dengue

Imagem

A dengue não anda dando trégua aos municípios do interior do Estado. De acordo com dados levantados pela Secretaria Estadual de Saúde, uma epidemia da doença atinge, atualmente, 35 municípios fora da capital, o que corresponde a quase 40% da área do Estado. Incluído nesta estatística, com 180 casos confirmados até o momento, Búzios vem buscando ações diferenciadas para conter o avanço da doença. O resultado tem sido a ausência de óbitos e agravamentos dos casos atendidos, embora o índice de infestação ainda seja alto.

            Com o slogan “Não crie problemas, não deixe o mosquito da dengue se criar na sua casa”, o Prefeito André Granado afirma que os cuidados estão sendo redobrados para que o município vença, definitivamente, a batalha contra a dengue. Contudo, o Prefeito chama a atenção para o fato de que um índice alto de infestação é resultado de identificação de focos da doença pelos agentes, não configurando epidemia mas, apenas, que a gestão municipal está trabalhando e notificando ao Estado os dados reais:

            “O índice de infestação é a quantidade de larvas do mosquito transmissor encontradas no município, dado que é repassado à Secretaria estadual de Saúde pelo município. Este resultado é o LIRAa (Levantamento Rápido de Infestação do Aedes Aegypti) e, se ele está alto, significa que estamos trabalhando e sendo transparentes, fornecendo as informações necessárias ao Estado. Nós podíamos estar omitindo, maquiando as informações, como fazem algumas cidades, entretanto, a equipe de Búzios está trabalhando forte e identificando os focos da dengue, que servirão como referência sobre o que podemos esperar, além de elaborar estratégias para combater a doença de forma pontual”, explicou o prefeito.           

Dentre as principais estratégias adotadas, a conscientização da população sobre os perigos e ações de prevenção à dengue é uma das principais, uma vez que 90% dos criadouros de dengue identificados no município encontram-se no interior das residências, em calhas, caixas d’água abertas e quaisquer fontes de água retida nos quintais. “Somos nós mesmos, com hábitos errados em casa, que criamos os mosquitos. Precisamos estar atentos a esta questão que é muito séria. A Prefeitura está ativa, fazendo a limpeza de terrenos baldios, bueiros e valões. Em três meses, limpamos a cidade e varremos muitos focos de dengue para bem longe da população”, destacou o Prefeito André Granado.

            Outra iniciativa, ainda em estudo por parte do Governo Municipal, é a implantação de um projeto desenvolvido na Inglaterra e já realizado com sucesso no nordeste no Brasil. O projeto consiste em modificar geneticamente o macho do mosquito Aedes Aegypti, de forma que ele produza larvas que não vão se desenvolver e chegar à vida adulta. Em algumas cidades da Bahia, houve uma redução drástica dos casos de dengue, com a implantação da iniciativa.

            A principal preocupação, em todo o país, é a entrada do vírus tipo 4 da dengue, contra o qual grande parte da população ainda não possui imunidade. Para isso, o mais importante, reafirma o Prefeito, é reforçar as medidas de prevenção e, ao sinal dos primeiros sintomas – dor de cabeça, dores articulares e febre alta – procurar uma unidade de saúde mais próxima.

            “Precisamos trabalhar para diminuir as estatísticas mas também é importante ter calma. O Estado já estava mapeado e, de certa forma, preparado para este surto. A preocupação agora é a entrada do vírus 4, que não tinha no Brasil e, desde o ano passado, chegou ao Rio. Contudo, há um controle dos casos em Búzios principalmente se observarmos o cenário epidêmico da região”, concluiu o prefeito.

Hospital Municipal reforçado – Desde o início de janeiro, com o aumento do calor e o período de chuvas fortes, a Prefeitura de Búzios intensificou as ações de prevenção e combate a dengue, objetivando eliminar os focos da doença e os riscos de epidemia. Neste sentido, equipes de guardas de endemias, agentes comunitários de saúde e agentes da defesa civil vêm trabalhando com atividades educativas junto aos moradores e, nas últimas semanas, o trabalho foi intensificado, principalmente nos bairros onde o índice de infestação é maior.

“O trabalho é feito em cada quarteirão, para não deixarmos de fora nenhuma localidade. Quando encontramos casos suspeitos, há um serviço de bloqueio, em um raio de 300 metros, a partir da área identificada. Aplicamos fog (espécie de fumacê nas residências) para alcançar o mosquito alado, já adulto”, afirmou o supervisor geral da Vigilância Sanitária, Edem Souza da Silva Filho.

Também com o objetivo de prestar um atendimento de qualidade para a população e suprir a demanda de casos na cidade, o Hospital Municipal Dr. Rodolpho Perissé recebeu, esta semana, dez poltronas de hidratação que objetivam auxiliar o tratamento de pacientes com dengue. Os equipamentos vêm substituir os assentos improvisados disponíveis até o momento no hospital, ampliando a quantidade de pacientes que podem ser atendidos simultaneamente e resultando em mais conforto e qualidade no atendimento das vítimas da doença.

“Hoje, nosso hospital está cheio, pois recebemos muitos pacientes vindos de outros municípios. O número de atendimentos passou de 280 para 400 por dia, elevando o tempo de espera para 1h a 2h por conta deste aumento brusco de pacientes. Continuamos investindo no hospital, mas além da população buziana, ainda estamos absorvendo vítimas das cidade vizinhas”, disse o Prefeito André Granado.

Nesta segunda-feira, dia 25, o Prefeito instalou o seu gabinete no Hospital Municipal Rodolpho Perissé, com o objetivo de identificar as suas demandas e intensificar os esforços para melhorar o atendimento. A ação, que se estenderá até a próxima quinta-feira, dia 28, consiste em análises operacionais, conversas com a população e atendimentos a pacientes. De acordo com o prefeito, esse é um dos trabalhos de campo que ele realizará periodicamente nos setores da administração pública.

Anúncios

2 comentários sobre “Búzios intensifica mobilização para conter avanço da dengue

  1. Gostaria que todas as prefeituras do Brasil tivessem um canal como este para fazer comentário, dúvidas, reclamações…um blog é uma das maneiras mais fáceis de se chegar até o cidadão. Parabéns pela iniciativa. Gostaria também de sinalizar a essa prefeitura que estou estudando sobre maneira de ajudar as prefeituras na execução, planejamento de suas política pública e todo o acesso a administração pública e descobri que tem associações que fazem esse link, achei a mais completa na minha opinião a ANPV, acho que vale a pena dar uma olhada no site deles anpv.org.br a população e as cidades agradecem por uma boa administração pública.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s