Búzios recebe segunda etapa do projeto “De Olho no Futuro”

Imagem

O Instituto Brasileiro de Assistência e Pesquisa – IBAP, realizou, entre os dias 25 e 27 de abril, em parceria com a Prefeitura de Búzios, a segunda fase do projeto “De Olho No Futuro”, que tem como objetivo diminuir um dos graves problemas que interferem no sucesso escolar das crianças oriundas das camadas populares: a saúde visual. Nesta segunda fase, 139 crianças já foram atendidas e 27 que faltaram ao exame do fim de semana realizarão o procedimento hoje, dia 2, em Niterói (RJ), com transporte oferecido pela Prefeitura.

 

O trabalho da entidade filantrópica niteroiense foi iniciado nas escolas públicas de Armação dos Búzios, na primeira semana de aula do município, e inclui etapas como atendimentos gratuitos, exames, fornecimento de óculos e distribuição de cartilhas educativas sobre os cuidados à saúde dos olhos para estudantes da rede pública de ensino de Búzios. Na primeira etapa, 150 crianças foram encaminhadas para o procedimento. Até o momento, foram detectados dois casos gravíssimos que foram, imediatamente, direcionados para atendimento médico especializado.

 

O projeto tem a meta de diminuir a repetência escolar, o desajuste individual na escola e grandes limitações na qualidade de vida, causados pela dificuldade de enxergar e executar tarefas do cotidiano. A relevância do trabalho habita na correção visual através, muitas vezes, de um simples óculos, promovendo, protegendo e recuperando a saúde ocular dos alunos do ensino fundamental e médio da rede pública. O próximo passo do programa consiste na distribuição dos óculos.

 

“Iniciamos o Projeto de Olho no Futuro na primeira semana de aulas da rede municipal. O projeto consta em atender e encaminhar alunos com dificuldades visuais das mais diversas para acompanhamento médico especializado e confecção de óculos”, afirmou o Secretário Municipal de Educação, Claudio Mendonça.  

 

“Esses cuidados em assistência e informação resultarão na diminuição da evasão escolar e no aumento do interesse e do rendimento dos estudantes, garantindo, enfim, os Direitos da Criança e do Adolescente previstos em estatuto”, assegurou Rodrigo Pegado, presidente do IBAP.

 

 

Fotos: Divulgação

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s